2008-08-22 • "Arrepiei-me muito..."
Foi num misto de contenção e alegria que Nelson Évora teve no lugar mais alto do pódio durante toda a cerimónia de congratulação ao novo campeão olímpico de Triplo Salto. Cansado por ter dormido pouco durante a noite, depois de muitas entrevistas e apontamentos de imprensa, Nelson Évora sentiu-se mais preparado para enfrentar o pódio. Mas para o português ainda não houve tempo para reflectir o que é ser campeão olímpico e pouco tempo para festejar, deixando os festejos para mais tarde. "Sinto que atingi mais uma etapa na minha carreira desportiva", disse aos microfones da RTP, adiantando também que é "sempre muito especial estar naquele lugar". Quanto a objectivos próximos, Nelson Évora é cauteloso em dá-los, embora à Agência Lusa tenha declarado um deles: “renovar o título e bater o recorde olímpico”, recorde olímpico que está na mão do norte-americano Kenny Harrison desde Atlanta 1996, sendo para isso necessário que nos próximos Jogos Olímpicos, em 2012, vença com uma marca superior a 18.09 metros. Contudo o saltador português já noutros momentos declarou um objectivo de carreira e que seria a superação máxima de Nelson Évora, bater o recorde mundial, que está na mão do britânico Jonathan Edwards, com 18.29 metros. Para já fica a festa deste título olímpico e uma citação de Nelson Évora que demonstra um sentimento comum aos milhões de portugueses que assistiram às imagens da sua competição e à cerimónia de entrega da medalha: "arrepiei-me muito..." Foto: Luca Bruno / AP