2009-06-23 • IDP surpreendeu Nelson Évora com o leilão da sapatilha
No passado dia 21 de Junho, no Estádio de Leiria, o Instituto do Desporto de Portugal (IDP) recebeu das mãos de Nelson Évora uma das sapatilhas com que garantiu a medalha de ouro no triplo salto dos Jogos Olímpicos de Pequim. As sapatilhas foram arrecadas por 3.500€, num leilão patrocinado pela modalfa, a favor da causa Djunta Mom, que tem como objectivo equipar escolas de Cabo Verde. Este é já é o segundo Leilão promovido pelo atleta, depois de em 2008 ter doado um dos ténis com que se sagrou Campeão Mundial, em Osaka, Japão. "Ele colocou a sapatilha em leilão na Internet, com objectivos de beneficência. Eu resolvi que o IDP ia a leilão para a comprar para o Museu Nacional do Desporto. Mas fomos a leilão sem nos denunciarmos. Hoje, aqui em Leiria, foi feita a entrega ao vencedor do leilão. O Nélson ficou espantado, porque não imaginava nada disto", revelou o secretário de Estado da Juventude e Desporto, Laurentino Dias. O governante avançou ainda que além dos 3.500 euros pagos pela sapatilha, o IDP vai dar o equivalente à outra sapatilha para aumentar o valor da ajuda às crianças cabo-verdianas. "Tentámos comprar o outro sapato ao Nelson Évora, mas ele faz questão de ficar com ele. Ainda assim, decidimos que os 3.500 euros que custaria o outro sapato, será para comprar material desportivo, também para as crianças de Cabo Verde", acrescentou. A Sportzone da Maia também disponibilizou para esta causa mais 2000€ em material desportivo. A causa Djunta Mom é uma união de esforços de várias entidades nacionais, como a Associação Portuguesa de Bombeiros Profissionais e o Cordão da Amizade da Rádio Renascença, que tem como objectivo ajudar crianças e jovens de Cabo Verde. Fotos: Filipe Oliveira / Atleta-Digital