2009-08-18 • Prata para Nelson, no Mundial de Ar Livre
Nelson tinha como tarefa a defesa do título mundial do Triplo Salto, título que havia sido conquistado em Osaka, há dois anos. Abriu bem o concurso com excelente 17.54 metros, uma marca que o colocou logo na frente do concurso e a terceira melhor abertura de sempre na história dos Mundiais, para a prova de Triplo Salto. Contudo até ao último ensaio, Nelson não conseguiu respostas técnicas ao melhor nível, tendo feito dois nulos (no segundo e quarto ensaios) e dois saltos abaixo do esperado (17.38 e 17.33). Foi ao terceiro ensaio que Nelson perdeu a liderança do concurso, para o britânico Philips Idowu, que saltou 17.73 metros, uma marca que o português já não conseguiu responder ao melhor nível, mesmo com uma melhoria no último ensaio de um centímetro, que o colocou com 17.55 metros, marca com que terminou o concurso, no segundo lugar. Conquistou assim a medalha de prata, uma medalha muito prestigiada e que honra a qualidade do atleta português, que no final se encontrava contente: “Estou contente porque consegui fazer bons saltos e só faltou encontrar-me um pouco durante alguns saltos, alguns desequilíbrios, alguns problemas com parte da corrida, mas nada de muito grave.” Sobre Idowu, o atleta que “vingou” a sua derrota em Pequim, Nelson Évora considerou-o um justo vencedor e com o fair-play que lhe é reconhecido não teve problemas em afirmar: “Ele hoje foi melhor e eu aceito isso muito bem”. Nelson Évora falou ainda sobre a presença de Luís Filipe Vieira, presidente do Sport Lisboa e Benfica, clube pelo qual Nelson compete. Foi uma presença importante que mostra o apoio de alguém que tem apostado em Nelson Évora: “Ele desejou-me os parabéns e foi bom tê-lo cá. Espero não o ter feito sofrer muito”. Acabou a entrevista com uma analogia interessante e que representa o estado de espírito de Nelson Évora durante o concurso: “Ser o primeiro a saltar é como se nós puséssemos o alvo e os outros têm de atingir. Quando somos os outros, nós é que temos a seta e tentamos acertar no alvo. São questões tácticas que fazem a diferença”. Nelson sai de Berlim com a cabeça erguida e com a sensação de missão cumprida e apesar de não ter revalidado o título, nem batido o seu recorde pessoal, Nelson não tem dúvidas : “Tristeza não, estou bastante feliz”. A entrega de medalhas decorrerá amanhã, dia 19, pelas 16:55, hora portuguesa. PROGRESSÃO DO CONCURSO: 1º ensaio : 17.54 (6.43-5.34-5.77) 2º ensaio : Nulo 3º ensaio : 17.38 (6.47-5.25-5.66) 4º ensaio : Nulo 5º ensaio : 17.33 (6.33-5.20-5.80) 6º ensaio : 17.55 (6.50-5.38-5.67) COMENTÁRIOS AO MINUTO: 19:00 - Classificação final: 1º - IDOWU (GBR) - 17.73m 2º - ÉVORA (POR) - 17.55m 3º - COPELLO (CUB) - 17.36m 4º - SANDS (BAH) - 17.32m 5º - GIRAT (CUB) - 17.26m 6º - Li (CHN) - 17.23m 7º - SPASOVKHODSKIY (RUS) - 16.91m 8º - GREGORIO (BRA) - 16.89m 18:58 - Idowu já não salta e é o novo campeão mundial. Évora deu um abraço a Idowu a felicitá-lo. 18:56 - Nelson Évora faz um bom salto mas não chega, 17.55m. O título está entregue a Idowu. 18:54 - Sands salta 16.99m. Nelson Évora é o próximo na sua derradeira tentativa para ficar à frente de Idowu. 18:53 - Girat salta 17.06m 18:52 - Li salta 16.75m 18:50 - Copello salta 17.36m 18:47 - Spasovkhodskiy faz nulo 18:46 - Gregorio falha o salto novamente. 18:43 - Dentro de momentos começa a 6ª e última ronda de saltos. 18:42 - Classificação após a quinta ronda de saltos: 1º - IDOWU (GBR) - 17.73m 2º - ÉVORA (POR) - 17.54m 3º - SANDS (BAH) - 17.32m 4º - GIRAT (CUB) - 17.26m 5º - Li (CHN) - 17.23m 6º - COPELLO (CUB) - 17.19m 7º - SPASOVKHODSKIY (RUS) - 16.91m 8º - GREGORIO (BRA) - 16.89m 18:41 - Idowu faz nulo 18:39 - Nelson pede o apoio do público novamente e salta 17.33m 18:38 - Nelson é o próximo. 18:37 - Girat salta 17.01m 18:34 - Sands salta 17.32m 18:33 - Copello salta 17.04m 18:30 - Li faz nulo 18:29 - Spasovkhodskiy salta 16.37m 18:27 - Gregorio começou a correr e desistiu da corrida. 18:27 - Começa a quinta ronda de saltos, prepara-se Gregorio 18:25 - Classificação após a quarta ronda de saltos: 1º - IDOWU - 17.73m 2º - ÉVORA - 17.54m 3º - GIRAT - 17.26m 4º - LI - 17.23m 5º - SANDS - 17.20m 6º - COPELLO - 17.19m 7º - SPASOVKHODSKIY - 16.91m 8º - GREGORIO - 16.89m 18:25 - Idowu falha o seu salto e faz nulo. 18:24 - Nelson conversa com o seu treinador. 18:23 - Nelson faz nulo para muita desilusão sua. 18:18 - Girat salta 17.19m. Entretanto prepara-se Nelson para saltar, é o próximo! 18:16 - Sands pede aplausos do público e salta 17.05m 18:14 - Copello faz nulo mas com um grande salto. 18:13 - Li salta 17.23m 18:12 - Uma pequena curiosidade, este concurso tem sido muito movimentado no twitter. 18:11 - Spasovkhodskiy não salta, desiquilibra-se e dá uma cambalhota! 18:10 - Gregorio salta 16.70m 18:07 - Começa a quarta ronda de saltos. O próximo a saltar é Gregorio. 18:05 - Idowu bate a melhor marca do ano ao fazer os 17.73m Classificação após a terceira ronda de saltos (e são estes os atletas que passam à próxima fase da final do Triplo Salto): 1º - IDOWU - 17.73m 2º - ÉVORA - 17.54m 3º - GIRAT - 17.26m 4º - SANDS - 17.20m 5º - COPELLO - 17.19m 6º - LI - 16.95m 7º - SPASOVKHODSKIY - 16.91m 8º - GREGORIO - 16.89m 18:03 - Girat falha o salto. 17:57 - Idowu salta sem tocar na tábua, ficou a 20cm. 17:56 - Idowu salta 17.73m e passa para a frente do triplo salto. 17:54 - Gregorio salta 16.84m 17:52 - Sands salta 16.96m 17:50 - Tamgho desconcentra-se e faz um salto muito mau, sendo nulo. 17:47 - Nelson está a receber algumas indicações técnicas por parte do seu treinador. Passaram algum tempo a conversar. 17:45 - Debaixo de muitas palmas do público, Nelson salta 17.38m 17:44 - Classificação após a segunda ronda de saltos: 1º - ÉVORA - 17.54m 2º - IDOWU - 17.51m 3º - GIRAT - 17.26m 4º - SANDS - 17.20m 5º - COPELLO - 17.19m 17:43 - Nelson Évora prepara-se para saltar novamente. 17:43 - Girat salta 17.18m 17:37 - Copello salta 17.19m 17:35 - Idowu salta 17.44m 17:33 - Gregorio salta 16.89m 17:31 - Sands salta 17.08m 17:30 - Tamgho salta 16.79m 17:26 - Nelson pede o apoio do público novamente e faz um salto nulo. 17:25 - Girat saltou 17.26m. Nelson é o próximo a saltar. Terminado a ronda dos primeiros saltos, Nelson está na frente 17:18 - Copello salta 17.06m 17:16 - Idowu salta 17.51m. Nelson mantém-se na frente. 17:15 - O primeiro salto do Nelson foi a 2ª melhor marca oficial de abertura de um triplo salto no mundial. 17:13 - Sands salta 17.20m 17:12 - Na bancada está uma boa parte da comitiva portuguesa acompanhar o Nelson, inclusivé o presidento do Sport Lisboa e Benfica, Luis Filipe Vieira. 17:07 - Grande salto logo na primeira tentativa, 17.54m 17:07 - Nelson pede apoio do público para saltar. 17:07 - Nelson está a trocar de equipamento. 17:04 - Nelson Évora muito aplaudido. 17:04 - Nelson Évora apresentado. 17:02 - Fazem-se os preparativos para o inicio do triplo salto. 16:45 - O Triplo Salto tem inicio às 17h05m, Nelson Évora é o primeiro a saltar. 16:42 - Nelson começa o seu aquecimento. 16:37 - Nelson Évora entrou na pista para começar o seu aquecimento. Foto : Filipe Oliveira / Atleta-Digital Colaboradores : Edgar Barreira, Joana Oliveira, Rafael Lopes e Telmo Rocha / Atleta-Digital