2010-09-02 • A uma semana de regressar aos treinos
O regresso aos treinos de Nelson Évora já estava previsto e o atleta português está a uma semana de os recomeçar, já debelados os problemas físicos que o afectaram esta época e pronto para enfrentar duas grandes competições na próxima época, o Europeu de Pista Coberta e o Mundial de Ar Livre. A época de Nelson Évora esteve longe de ser boa na sua carreira e se por um lado funcionou como ano de regeneração, por outro foi desgastante para o atleta, que tem na adrenalina de competir uma das suas imagens. Depois de na época anterior ter culminado com uma medalha no Mundial de Ar Livre, Nelson já se vinha queixando de um problema na tíbia, que foi agravando. A solução, para não comprometer próximos grandes objectivos como o Mundial de Ar Livre de 2011 e os Jogos Olímpicos de 2012, acabaria por ser a via da intervenção cirúrgica, o que aconteceu a 4 de Fevereiro deste ano. A recuperação foi intensiva e até rápida, com o regresso aos treinos a efectuar-se até mais cedo que o esperado, embora não tivessem sido queimadas etadas e sempre em sintonia entre Nelson Évora e o Prof. João Ganço, o seu treinador. Em Março, Nelson Évora já fazia até algum trabalho de velocidade, em preparação para as fases seguintes de treino. Nelson Évora realizou ainda o habitual estágio de Verão, em Junho, no Algarve, onde teve oportunidade de intensificar alguns processos de treino e ao mesmo tempo fazer a recuperação dos índices físicos, preparação fundamental para que agora em Setembro, Nelson Évora comece a realizar treinos mais específicos para saltos e com cargas de treino ao nível do que é habitual para preparação de grandes competições. Antes do período de férias o “bixinho” pela competição foi mais forte e Nelson Évora acabou mesmo por aparecer surpreendentemente no Campeonato de Portugal de Ar Livre, na prova de Triplo Salto, com uma corrida de balanço bastante mais curta que o habitual, para sentir o sabor da competição. Acabou, mesmo assim, campeão nacional de triplo salto, com um salto de 16.36 metros. O teste acabou por ser positivo e um ânimo extra para o português ir de férias e agora começar os treinos com muito mais força e pujança.