2011-02-03 • Teste com vitória no Apuramento
Terá sido uma das piores marcas de Nelson Évora nos últimos anos, mas nem por isso desmoralizadora. Na mente do atleta estava um teste às suas capacidades, após um período largo sem competir. E Nelson Évora arriscou na sua corrida, que está adaptada face à menor velocidade, que perdeu com tanto tempo ausente. Tomando esse risco, fez nulo em dois saltos que dariam bem próximos dos 17 metros, o que para quem esteve tanto tempo parado, foi uma boa resposta. Assim os 15.86 metros não envergonham, dado que apenas correspondem ao valor do melhor salto válido e para Nelson Évora ficou a certeza que poderá esperá-lo um regresso às grandes competições, ao mais alto nível. Os próximos eventos nacionais deverão confirmar o regresso do português em torno dos 17 metros. O Benfica, equipa que Nelson Évora, passou à final da 1ª divisão, após um Apuramento fácil e com a ausência de alguns dos principais valores. A final do Nacional de Clubes disputa-se, novamente em Pombal, a 12 e 13 de Fevereiro deste ano.