2011-06-23 • Nelson competiu no Europeu de Equipas
Nelson Évora foi um dos seleccionados pela selecção nacional que esteve presente na Superliga do Campeonato da Europa de Equipas, uma competição de prestígio e onde Portugal tinha o objectivo da manutenção. A prova de Nelson Évora foi o triplo salto e não correu particularmente bem, num Domingo muito chuvoso no Estádio Olímpico de Estocolmo, na Suécia, com ventos muito irregulares. Além destas condições, o frio condicionou bastante a prestação de todos, incluindo a de Nelson Évora. No primeiro ensaio o português saltou 16,28 metros, com o vento a soprar positivamente a 2.3 m/s. Ao segundo ensaio, um ligeiro nulo invalidou um salto que o atiraria para mais próximo dos 17 metros e assim poderia usufruir de mais um salto, além dos três primeiros saltos, caso esse salto fosse válido e o classificasse nos primeiros quatro lugares. Ao terceiro ensaio, a melhoria para 16.33 metros ficou muito aquém do esperado e Nelson Évora não foi além do sexto lugar, ainda assim sete preciosos pontos para a selecções portuguesa. “Tenho muito trabalho pela frente”, considerou o saltador português que congratulou-se com o facto de novamente terminar sem dores, o que quer dizer que a sua recuperação está a correr de forma muito positiva, ainda assim “não espelha a minha forma”, disse Nelson. Agora “há que ter paciência e aguentar a minha travessia no deserto”, finalizou considerando que o triplo salto deverá ser a única especialidade abordada para já, já que é aí que ainda tem muito trabalho e o salto em comprimento ainda não foi sequer trabalhado. Em Julho, com vistas à preparação do Mundial de Ar Livre, Nelson Évora deverá estar presente em dois ou três meetings, que serão anunciados em breve neste site. RESULTADOS (Camp. Europa de Equipas – Superliga) 1. Fabrizio Schembri (Itália) – 16.95 2. Dzmitry Platitsky (Bielorrússia) – 16.81 3. Viktor Kuznyetsov (Ucrânia) – 16.79 4. Karol Hoffmann (Polónia) – 16.78 5. Karl Taillepierre (França) – 16.63 6. Nelson Évora (Portugal) – 16.33 7. Andreas Pohle (Alemanha) – 16.29 8. José Bellido (Espanha) – 15.95 9. Mathias Strom (Suécia) – 15.52 10. Kola Adedoyin (Grã-Bretanha) – 15.32 11. Petr Hnízdil (Rep. Checa) – 15.32 12. Aleksey Fyodorov (Rússia) – Sem marca Enviados Especiais : Edgar Barreira (texto) e Filipe Oliveira (fotos)